Pele

Talvez a maior dica que eu possa deixar nesse espaço é: invista nos produtos para a sua pele. A base de uma maquiagem não à toa é chamada de base e, além da importância de uma boa base e um bom pó para o resultado e durabilidade da maquiagem, ainda existem os fatores de saúde da pele que devem ser levados em consideração.

Invista em produtos desenvolvidos em laboratórios confiáveis, dermatologicamente testados e adequados para o seu tipo de pele. E isso não quer dizer que você precisa gastar uma fortuna: existem marcas populares de cosméticos a preços acessíveis e que são totalmente confiáveis, além de apresentarem excelentes resultados. Mesmo assim, sairão um pouco mais caras do que as compradas em farmácias ou lojas comuns de cosméticos: faça um esforço e invista nisso, e só então entenderá o quanto é importante.

A maquiagem deve ser removida totalmente da pele todos os dias, para evitar que os poros fiquem obstruídos e que, a longo prazo, problemas sérios de pele comecem a aparecer. E, como já dizia o Bial: use o filtro solar!

Para determinar o seu tipo de pele, especialistas recomendam fazê-lo pela manhã, que é o momento em que é mais fácil perceber a presença ou ausência dos óleos naturais.

E fique atenta: seu tipo de pele pode variar ao longo do ano!

 

 

Pele oleosa

As glândulas sebáceas desse tipo de pele produzem mais oleosidade, que em geral se observa com mais intensidade na zona “T” (sobre a testa e o nariz). Esse tipo de pele costuma ser mais grossa e mais resistente, com poros abertos e suscetível a manchas e cravos.

Cuidados com a pele: produtos livres de óleo. Usar esfoliante semanalmente, até mais de uma vez por semana, tonificante sem álcool e hidratante com textura gel. Máscaras de argila também são recomendadas.

A base ideal: bases com efeito 2 em 1 (base + pó), que possuem textura mais seca; bases fluidas ou líquidas livres de óleo; bases de acabamento mate; base em pó, desde que o rosto não possua áreas secas, pois nesse caso a base vai fixar diferente em cada região do rosto.

 

Pele seca

A pele é fina e sem brilho e precisa de muita hidratação. Essa pele possui poros fechados e não apresenta acne, porém pode ter maior incidência de rugas finas e vermelhidão.

Cuidados com a pele:  o tônico deve ser suave e a esfoliação também, apenas para remover as células mortas que se acumulam e facilitar a penetração do hidratante. Usar um bom hidratante pela manhã e não dispensar o hidratante noturno. Se a pele for mista (oleosa apenas na zona T), o pó nunca deve ser aplicado com esponja, pois vai se concentrar nas áreas mais secas.

A base ideal: bases hidratantes ou bases cremosas. O pó deve ser aplicado na zona T e sempre com o pincel. Uma dica dos profissionais é misturar um pouco de hidratante com a base, nos casos em que a pele for muito seca.

 

Pele mista

A pele mista geralmente apresenta oleosidade na zona T e o restante da pele mais seca, principalmente ao redor da boca e nas laterais do rosto.

Cuidados com a pele: deve ser considerado o tipo de pele predominante, mas existem muitos produtos próprios para pele mista. As áreas muito secas devem receber um produto mais hidratante, enquanto o tônico deve ser aplicado somente na região oleosa

A base ideal: bases líquidas ou fluidas livres de óleo.

 

Pele normal

Textura uniforme, boa elasticidade e poros fechados, sendo considerada a pele mais saudável. A umidade e oleosidade da pele estão em equilíbrio.

Cuidados com a pele: usar produtos delicados, específicos para pele normal. O esfoliante deve ser suave e no máximo uma vez por semana, apenas para remoção das células mortas.

A base ideal: pode receber todos os tipos de bases, mas é recomendado evitar as bases de efeito muito seco.

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *